8 de agosto de 2013

Entrevista com Amanda Vieira

Oi gente!!! Essa semana temos uma entrevista super agradável com uma autora muito querida.
Prestigie mais uma autora nacional. Conheçam Amanda Viera e o seu livro O Vale das Borboletas.

Quem é Amanda Vieira?
Mineira, sonhadora, quase vegetariana, um pouco tímida, que adora inventar coisas novas para fazer e apaixonada pelas palavras, acho que é mais ou menos isso. Sou formada em Enfermagem, mas descobri que a escrita é o que mais me faz bem.

Quando começou a perceber a paixão pela escrita?
Quando escrevi meu primeiro romance e percebi que não podia mais viver sem aquilo. Sempre li muito e adorava poder viver mil vidas, mas criar uma história é diferente. É como dar de presente para outras pessoas tudo o que você sonhou, e a sensação é única. Parece real para você tudo que imaginou.

Como foi o processo de publicação do seu livro.
Quando terminei de escrever, enviei o original para algumas editoras e ao mesmo tempo contratei um agente crítico para ler o meu trabalho e fazer um relatório com as falhas dele, pois acreditava que não tinha chance de ter uma resposta positiva e já queria “consertar” o livro ao invés de esperar. O relatório da leitura crítica demorava 10 dias para ficar pronto, porém obtive duas respostas positivas em menos de uma semana. Se eu fiquei alegre? Meu coração ficou pequeno para o tamanho da felicidade que senti.

Conte um pouco sobre o seu livro.
O Vale das Borboletas é um livro que tem um pouco de tudo; amor, mistério, aventura e que às vezes parece surreal por explorar alguns fenômenos da natureza pouco conhecidos. É um livro narrado na primeira pessoa, mesclando as vozes dos personagens principais, tornando a história mais dinâmica e atrativa. O enredo se desenrola na pequena cidade de Crisálida, mas é o Vale das Borboletas, um lugar onde a natureza generosa caprichou em cada detalhe, o palco principal desta perigosa paixão.

Sinopse - O vale das borboletas - Amanda Vieira

Quando Heitor se muda para Crisálida, depois de escapar de perseguições enigmáticas em São Paulo, a vida de Maria Luisa também é afetada de forma inesperada. Isa, como ela prefere ser chamada, acaba por se envolver pelo seu misterioso primo que passa a frequentar a mesma escola onde estuda. Um amor de tirar o fôlego, uma aventura impressionante, cercada pelos mistérios do desaparecimento da fortuna de um pintor de borboletas. Ele tenta protegê-la, ela coloca a sua vida em risco, uma perigosa paixão com um final que somente um detetive sagaz poderia imaginar. Isa decide então confrontar o seu perseguidor, sozinha, com o coração na garganta e um tesouro em mãos. Do alto do morro do Vale das Borboletas ninguém poderá escutar o seu grito de socorro

"— É fácil ter o beijo de um homem, o difícil é ter seu coração e possuir seus pensamentos! — ele disse enfim, atendendo ao meu urgente pedido. E nos beijamos, mais uma vez, nos entregando a esses delírios do coração que faz tudo parecer que acontece pela primeira vez. "
O Vale das Borboletas, pág. 234

Qual autor é sua inspiração?
Acho que inspiração vem de dentro de você, então não tento ser igual ou copiar ninguém. Adoro o jeito como a Meg Cabot escreve, mas acredito que cada um de nós temos algo de bom para mostrar. A leitura daquilo que você gosta e quer escrever é essencial, mas o coração da história será somente o seu.

Tem algum livro de cabeceira?
Senhora de José de Alencar, o livro que eu já li, reli e quero ler de novo.

Escrever para você é...
O tesouro mais precioso que descobri.

Deixe uma mensagem para todos aqueles que estão em busca de seus sonhos.
Quero que saibam que a vida sem sonhos não é nada, não vale nada. E somente as pessoas especiais são capazes de ir até o fim para realizá-los, as outras, bem, vão tentar impedi-los porque têm inveja da coragem de vocês. Então, lembre que a única pessoa que pode matar o seu sonho é você mesmo.


As redes sociais da autora
Blog  -  Facebook  -  Fanpage -  Twitter  ou  @1AmandaVieira  -  Skoob

Queria agradecer ao carinho imenso que venho recebendo de todos os meus leitores, a você que tirou um tempinho para me conhecer melhor lendo a entrevista e um muito obrigada à Joice que me convidou para estar aqui. Beijos imensos para vocês :))))



Um comentário:

Gleize Costa disse...

Amiga Joice, sou suspeita para falar, já que você e a Amanda Vieira já sabem o quanto sou fã dela. rsrsrsrsrs.

O Vale das Borboletas é um livro maravilhosamente lindo e muito bem escrito, a Amanda realmente tem o dom de escrever.

 renata massa